BLOG

8
jun

Poder estratégico alcançado através do controle de negócios

Controlar uma empresa de maneira manual ou apenas com o auxílio de planilhas que precisam ser alimentadas manualmente não é mais viável, principalmente se comparado com a alta necessidade de resposta que o mercado tem exigido das empresas. Sendo assim, tem se tornado imprescindível que negócios se apoiem em soluções tecnológicas que possibilitem maior controle sobre as atividades de determinado ambiente.

Soluções de software podem abranger uma visão macro de diversas condições essenciais e que consomem muito tempo e recursos quando realizadas manualmente, garantindo assim, melhorias na lucratividade, interferência em falhas humanas e de equipamentos, além de reduzir o tempo geral de inatividade.

Balancear custos incluindo oportunidades de riscos e consequências de alta performance dos ativos, auxilia no escopo de processos subsequentes, controle efetivo dos ativos e seus processos de manutenção, para que a empresa possa ter os objetivos já delineados sem que isso diminua a qualidade de situações cotidianas.

Ter uma equipe especialista neste controle ou optar por uma consultoria especializada, é algo que auxilia a empresa a organizar suas situações cotidianas de maneira a entender quais são as reais condições de inventário (tanto para venda quanto de compra), situações de manutenção e testes de qualidade, partindo do pressuposto que apenas o conhecimento real de negócios pode alavancar as estratégias de forma que estas sejam realmente factíveis.

No entanto, para alcançar uma estratégia de produção e controle de ativos efetiva, toda a ordenação do negócio deve ser apoiada em soluções que consigam acompanhar automaticamente situações diferentes e difusas, de modo que apresentem condições de uma situação específica ou mesmo ciclos gerais de determinados períodos.

Softwares para controle de ativos e situações de manutenção e estoque possuem opções de cadastramento relativo a serviços realizados por diferentes fornecedores, sendo possível ainda cruzar condições, especificações e valores, para que as decisões consigam sempre ser baseada em alta qualidade e não necessariamente no maior valor, analisando também a real necessidade de estoque de determinados materiais, de modo a manter as condições de estoque alinhadas às reais deficiências de cada situação.

Com o controle exercido através do apoio tecnológico é possível:

– Reduzir custos em compras de materiais e de situações de manutenção

– Melhorar as condições gerais de trabalho com acompanhamento integrado de funções

– Mais segurança e qualidade durante toda a jornada de trabalho

– Tomada de decisão baseada apenas em situação reais e estudadas

– Gestão efetiva de situações de risco, falhas, manutenção durante toda a usabilidade dos ativos

Com isso, o controle dos ativos deixa de ser apenas uma situação cotidiana de negócios e passa a ser uma estratégia indispensável, sendo responsável inclusive pela reputação de determinada empresa, agregando valor com indicadores pontuais sobre o desempenho dos ativos e das condições que mantém diversas situações em plena funcionalidade.

Uma gestão de ativos eficiente deve entender os processos de manutenção para que a realização destas não seja sinônimo de perda financeira ou mesmo de qualidade, implicando em um compromisso para a melhora contínua das empresas.

20
maio

Você realmente extrai todas as possibilidades do seu Backup?

Não importa o tamanho da empresa ou seu segmento, a preocupação sobre a perda de dados influencia diversos processos e a própria reputação e confiabilidade estratégica dos negócios. Ter uma solução de backup é uma atividade que vai além dos processos de TI, e por conta de sua influência geral na corporação, seu nível de preocupação e resolução também tem de ser global.

Qualquer coleta de dados precisa ser gerenciada para que as informações não se percam em montes de informações desnecessárias, de todo modo, a segurança destes dados garante também que as estratégias de negócios sejam colocadas em práticas apenas no momento correto e pré-analisado.

Pensando nisso, não existe empresa que esteja dispensável do risco de backup, para tal, é importante saber que todas as organizações precisam investir na segurança dos dados, que passa invariavelmente para as condições de backup e de restauro de informações, isso caso queiram realmente continuar existindo de maneira competitiva no mercado em que atuam.

Garantir o uso correto dos dados coletados influencia diversas atividades, o software e hardware utilizados para tal são de extrema importância, mas devem sempre ser apoiados em políticas de uso de dados responsivas, em um ambiente onde todos os colaboradores devem saber qual é a real importância e cuidado que este ativo estratégico precisa.

Existem diversas maneiras de realizar backup, no momento de escolha sobre a infraestrutura vale ressaltar que a necessidade de escalabilidade de soluções deve ser sempre levada em consideração, sendo ele uma opção interna (servidores internos) ou externa (nuvem), sendo que estas opções não se anulam e que possam complementar a função uma da outra, de modo que o ambiente de tecnologia possa se apoiar no melhor de cada solução e ainda avaliar qual traz mais benefícios às funções realizadas.

A escolha de soluções de backup e restauro de dados deve ser pensada dentro das necessidades de negócios e de como a infraestrutura deseja ser realizada (ou já está apoiada), fazendo com que melhorias ocorram de forma natural e não acometam longas quebras da jornada de trabalho, neste contexto, manter inteligência de backup e eficiência para que as soluções evitem cópias idênticas e desnecessárias, irá auxiliar as propriedades analíticas, além de evitar custos dobrados de armazenamento.

Para fazer proveito da máxima utilização do backup, é importante que o processo de restauro das informações não seja moroso à empresa, sendo extremamente importante configurações pré criadas para que não haja necessidade de intervenção manual a cada pedido, pois o processo feito desta forma pode tornar o procedimento inseguro além de contornado em vícios de usuário ou mesmo corrompimento dos dados.

A automatização destes processos tem se tornado um alívio que melhora as condições de uso de dados, que acompanhada também da crescente alta disponibilidade das informações, além disso, manter testes automáticos de recuperação e de situações de desastre auxilia na cultura dos colaboradores de como interferir em ocasiões mais extremas, deixando-os aptos para agir de maneira confiante no restauro rápido do sistema.

Simulados sobre as condições reais do sistema de armazenamento e restauro de dados vai colocar em prova as próprias soluções elencadas para empresa, além de preparar a equipe para agir de acordo com políticas de ações cada vez mais confiáveis. No entanto, segundo pesquisa realizada pela Symantec (Disaster Recovery Global Data), 44% dos negócios não estruturam políticas precisas de testes de recovery por não quererem causar distúrbios aos colaboradores, quando na realidade, não há prejuízo maior do que ter a segurança infiltrada e informações preciosas usadas como barganha por não adotar uma periodicidade de segurança que consiga enfrentar eventualidades.

É importante lembrar que usar toda a capacidade de Backup é saber interpretar quais as necessidades de negócios de cada empresa para elencar as soluções mais adaptadas a cada caso específico, porém não é apenas isso, manter uma cultura de dados responsável e que se preocupa com os momentos de crise é o diferencial que pode salvar empresas. É importante sempre lembrar que o futuro será digital, mas o advento humano é o  facilitador disso, e não deve nunca ser subestimado.

16
maio

Segurança da informação através de soluções tecnológicas

Controlar a performance da eficiência da gestão de contrato tem feito com que departamentos busquem por soluções diferenciadas. A melhoria na continuidade de trabalho influencia diretamente no ciclo de vida dos contratos e também, motiva melhores práticas de mercado que aumentam a confiança das informações tratadas.

Soluções de gestão de ativos podem auxiliar no controle sobre a confiança e qualidade dos contratos, com processos padronizados que melhoram a pratica e a replicação, além de um aumento expressivo na velocidade da eficiência de cada processo, prevenindo a necessidade de ajustes e trabalhos dobrados.

Além de buscar por soluções mais efetivas, é importante que a equipe esteja alinhada para que, ao buscar soluções que otimizem esta tarefa, ela já esteja bem integrada em um ambiente claro e específico de gestão de contratos, para que, no momento de aquisição de alguma tecnologia, não ocorra desordem nos processos naturais e cotidianos sobre a confecção e manutenção destes documentos, que quando realizado manualmente acaba se tornando lento e passível de diversos erros de alimentação de dados e de situações dispostas, como divergências de tipologias e modelos de contratos.

Para otimizar situações não é preciso ser uma empresa completamente digital, empresas com pouco ou mesmo nenhum sistema de automação pode buscar por soluções tecnológicas que promovem mais controle e acesso diferenciado às informações de ativos, que incluam também a gestão de contratos e todas as manutenções pertinentes.

Com o uso de tecnologias baseadas em coleta e controle de dados, como Internet of Things (IoT), negócios conseguem uma visibilidade mais exata sobre a situação de contratos e adequação de possíveis situações convergentes, em que o planejamento acontece a partir do acompanhamento detalhado dos processos e suas informações, dando aos tomadores de decisões mais conhecimento de cada função, inibindo ainda trabalhos difusos, funções defasadas ou mesmo desnecessárias, trazendo junto ao gerenciamento macro, redução de custos sem muitos esforços.

Um gerenciamento de ativos completo e que engloba gestão de contratos, consegue atingir maior eficiência no controle de facilities, com melhor usabilidade, integração de informações e processos, para uma inteligência de negócio central, com conhecimento de situações emergenciais ou desnecessárias.

Ao optar por soluções digitais que auxiliam o gerenciamento de contratos, a integração das informações deve ser fomentada para que a automação aconteça de forma cada vez mais rápida e com processos melhorados, influenciando também o gerenciamento de arquivos e a disponibilidade destas informações sempre que necessário.

O gerenciamento automatizado de contrato e também de ativos, traz padronizações que amadurecem o planejamento funcional de negócios, permitindo direcionamento automatizado dos contratos e de situações emergenciais e cotidianas, com segurança de replicação e adaptado para cada tamanho e formato de empresas, para que além de uma solução de automatização, as empresas consigam delinear o futuro em uma digitalização de confiança e que acompanhe os diversos momentos de mercado.

8
maio

Assuma a fragilidade dos seus dados para ter controle real de suas informações

Ter segurança é o primeiro passo para o erro! Quando colocamos essa frase no atual momento mundial ditado por dados, excesso de confiança pode arruinar a reputação de grandes empresas em poucas ações cotidianas que trazem exposição excessiva de informações sensíveis ou não.

Muitas empresas acreditam que assumir a responsabilidade sobre suas informações está em inserir recursos de segurança. De fato, estar apoiado em soluções digitais é um fato primordial no controle de dados, no entanto, entender que o advento humano pode ser imprevisível de diversas maneiras, ainda é uma das maiores causas que implicam na cibersegurança dos negócios, seja por erros comuns ou atividades que não respeitam uma política de condução de dados restrita, diversos negócios se veem frágeis ao não entender o real valor dos dados e o quanto o manuseio destas informações precisa ser testado e aprimorado a todo momento.

No meio da compreensão da importância e fragilidade destas informações, há também o aumento de dados progressivo, que exige infraestruturas com capacidades quase que irreais de adaptação customizada a cada necessidade e tamanho das organizações, com todas estas situações em mente, parece impossível que empresas sejam baseadas em dados, mas não é.

Ao entender o cuidado que dados necessitam, fica mais fácil pensar de forma planejada, possibilitando manter os negócios seguros e ainda se alimentar estrategicamente de objetivos e soluções plausíveis baseadas em informações cada vez mais confiáveis e de qualidade.

Toda empresa conhece a necessidade de manter escopos de backup responsivos e como a ação de ter cópias de dados pode ser determinante para o futuro competitivo, no entanto, a real função do armazenamento de dados está além de apenas guardar algo, é no restauro destes ativos que a eficiência do backup será realmente aferida e analisada.

O planejamento de backup deve ser pensado dentro da estratégia central de TI, porém, é necessário que esteja relacionada com a empresa e departamentos estratégicos para que, além de respeitar as condições orçamentais, esteja apta a oferecer resposta rápida no uso das informações, onde as necessidades da empresa deverão convergir com a utilização estrutural do departamento de tecnologia da informação.

Para um backup eficiente é preciso:

– Pensar na integridade dos dados e suas condições de uso

– Confiabilidade das equipes e dos equipamentos utilizados para armazenamento

– Buscar a disponibilidade integral de todas as informações sem corrompimento

Pensando na plena disponibilidade das informações, a recuperação de dados deve estabelecer procedimentos seguros, mas também ágeis para que os dados consigam ser utilizados em tempo hábil de negócios e para tal, a equipe precisa estar confiante para qualquer atividade adversa que possa ocorrer neste momento, onde, os testes de recuperação não podem ser negligenciados, pois estes auxiliam na educação em relação as melhores práticas que devem ser adotadas para situações críticas e adversas.

O próprio teste de restauro de dados irá colocar os procedimentos de backup em provação, auxiliando tanto o departamento tecnológico quando os setores estratégicos a melhorarem progressivamente as condições dos dados à medida em que ganham confiança na atividade. Provocar sua equipe a pensar em condições adversas também irá interferir no escopo de segurança estrutural e, neste momento pode ser normal que dúvidas sobre algumas situações surjam, mas lembre-se, é melhor que estas surjam durante testes do que em procedimentos reais com impacto direto na estratégia dos negócios.

Para tal, além de entender que a partir do desconforto de conhecer os possíveis cenários de conflito, as empresas não devem ter medo de pedir ajuda de negócios que já conheçam soluções de backup e Storage eficientes e que possam sanar dúvidas que parecem corriqueiras, mas que exigem grande atenção.

18
dez

[INFOGRÁFICO] Alcance novos patamares através dos dados

18
dez

[ARTIGO] Inovação em processadores

O panorama da computação de alto desempenho vem evoluindo cada vez mais rápido. Empresas que ainda não acreditam precisar de computação avançada não se dão conta que podem estar trabalhando no limite seguro de seus sistemas, distanciando-se de novas percepções estratégicas de valor.

A nova geração da IBM Power Systems vem para mudar os parâmetros tecnológicos, com servidores mais potentes em soluções robustas que exigem respostas rápidas com tendência de realizar mais tarefas direcionadas.

Escolher a infraestrutura de TI ideal é crucial para o sucesso das análises, o IBM Power9 oferece plataforma inovadora preparara para Cloud diversas e cargas intensas de trabalho. A solução faz parte da família IBM Power Systems, que trazem suporte em diferentes modelos de computação com melhor adaptabilidade às necessidades comerciais específicas a cada usuário.

A tecnologia Power VM foi da tecnologia foi projetada para suportar cargas intensas de trabalho com alta performance estratégica, para que os insights sejam maiores e também mais qualificados.

O combinado de funções atribuídos ao Power VM virtualiza servidores sem limites para que consolide varias cargas de trabalho em poucos sistemas e fazendo com que a utilização maior do servidor não aumente os custos já dispensados a tecnologia.

O IBM Power9 é desenvolvido para computação cognitiva, com maior desempenho e confiabilidade, além de redução de custos. A ferramenta e única em suas capacidades funcionais, desde a concepção do processador e do hardware de servidor, até o suporte de software e serviços, a infraestrutura foi completamente reinventada para acompanhar o avanço em Inteligência Artificial.

A confiabilidade e segurança já conhecida em todo o portfólio da IBM vêm potencializadas na proteção das empresas, pois, o processamento Power9 suporta altas capacidades com uma infraestrutura escalavel que permite além de rapidez da mitigação de informações, estar a frente dos desafios recorrentes na demanda de computação recorrente.

Ao optar por computação preparada para design em nuvem, a solução com novas fontes de dados e possibilidade de crescer o gerenciamento do sistema de acordo com cada necessidade apresentada, com virtualização embutida e firmware pré-instalados, além de patches de segurança do sistema operacional que mitigam vulnerabilidades conhecidas.

Os servidores Power Systems integram-se facilmente à estratégia cognitiva e na nuvem das sob demanda integrada, para atender qualquer demanda exaustiva de trabalho in-memory, pronta para aumentar a capacidade de banco de dados e o tamanho do ambiente SAP HANA sem ter que provisionar um novo servidor.

A nova família de servidores fornece a maneira mais rápida e simples de implantar estruturas de Deep Learning, com suporte de nível corporativo que estimula novas ideias e recursos em toda a organização. É imprescindível que as empresas estejam atentas a necessidade de implementação de todo este poder em processamento, onde deve ser assegurado (para evitar interromper funções antes mesmo da implementação), que a estrutura de TI esteja alinhada para extrair todo o poder viabilizado pelo IBM Power9.

A ferramenta já é reconhecida no mundo pela sua alta confiança, com a segurança necessária para as inovações do futuro de cada empresa. O IBM Power9 traz o auxílio robusto para que as empresas possam modernizar seus processos e garantir aproveitamento total de seus insights.

18
dez

[ARTIGO] Máxima potência em estratégia

Empresas que pensam na saúde produtiva de seu futuro precisam estar atentas a infraestrutura atual das cargas de trabalho do uso de dados. O O POWER9 é a base ideal para que organizações pensem seu futuro acompanhando de infraestrutura pronta para enfrentar os desafios de negócios de hoje e os do amanhã.

Atualizar sua base com os servidores baseados em IBM Power Systems, possibilita gerenciar com eficiência os dados de missão crítica, assim como os armazenamentos de dados operacionais e data lake, além de entregar um desempenho de servidor rápido e pronto para computação cognitiva.

A credibilidade robusta da IBM vem assegurada na segurança de ser líder em seu setor, onde o IBM Power9 foi desenvolvido para suportar as cargas de trabalho mais intensivas em dados imagináveis, com a segurança necessária para manter as empresas sempre protegidas.

A solução Power9 é o único em sua existência que combina tecnologias aplicadas de subsistemas de última geração, como NVIDIA NVLink, PCIe Gen4 e OpenCAPI, tornado o desempenho dos Power Systems algo acima de qualquer outra capacidade de trabalho já vista.

Obter infraestrutura robusta é imprescindível, porém, é importante também atentar para a flexibilidade da mesma para que tenha escalabilidade necessária para viabilizar o crescimento conforme a mitigação dos dados e suas necessidades.

Os servidores POWER9 são entregues de forma segura, com firmware pré-instalados e patches de segurança do sistema operacional que mitigam vulnerabilidades conhecidas em ambientes de sistema operacional AIX, IBM i e Linux.

Com a virtualização do PowerVM incorporada, é possível implantar uma nuvem privada segura e confiável como parte de uma estratégia multi-cloud, proporcionando agilidade, rentabilidade e gerenciamento simplificado necessários para entregar resultados de negócios.

Esta virtualização e capacidade sob demanda integradas, o IBM Power Systems atende às demandas de cargas de trabalho in-memory, permitindo que as empresas aumentem sua capacidade de banco de dados e o tamanho de seu ambiente SAP HANA sem ter que provisionar um novo servidor.

A solução foi completamente fundamentada para ser disponível em design total e nuvem, a ferramenta mostra com essa possibilidade, novas fontes de dados e possibilidade de crescer o gerenciamento do sistema de acordo com cada necessidade apresentada, com virtualização embutida e firmware pré-instalados, além de patches de segurança do sistema operacional que mitigam vulnerabilidades conhecidas.

O POWER9 aumenta seu poder ao se conectar ao IBM Watson, permitindo aproveitar as ferramentas e recursos da inteligência artificial, como o Watson Assistant, o Watson Studio, o entendimento da linguagem natural, reconhecimento visual e muito mais. Além disso, esses servidores fornecem a maneira mais simples de implantar estruturas de deep learning para estimular novas ideias e recursos em toda a organização.

As funções do IBM Power Systems aprimoradas ao IBM Power9, elevam o poder de insights das empresas, trazendo outro horizonte para o futuro competitivo das companhias pensando na estrutura ainda hoje, para que empresas possam crescer tecnologicamente com o aproveitamento total de suas possibilidades.

5
set

[ARTIGO] Primeiros passos para implementar IoT

 

A Internet das Coisas — ou Internet of Things (IoT)em inglês — é uma das tecnologias mais promissoras do mercado, sendo apontada como uma das bases de verdadeiras revoluções tecnológicas, a exemplo da chamada Indústria 4.0, que, cada dia mais conhecida, propõe mudanças significativas nos processos de fabricação.

 

Com a promessa de mudar a forma como as empresas trabalham — e até de como as pessoas vivem — a IoT traz um grande impacto na economia e na transformação de muitos modelos de negócio e, por isso, apresenta um crescimento bastante acelerado. De acordo com o Gartner, até 2020 haverá mais de 50 bilhões de sensores de dispositivos conectados. Este aumento exponencial demostra a velocidade que esta tecnologia está expandindo.

 

Como é possível notar, não é por acaso que a tecnologia tem sido pauta de muitas empresas focando em seus benefícios, que vão do aprimoramento da eficiência ao engajamento com clientes. Entretanto, apesar da grande empolgação, a maioria delas enfrenta dilemas ao iniciar os projetos e alinhar a tecnologia às necessidades de negócio e vice-versa. Por isso, a importância de planejar e alinhar as visões de negócio da empresa.

 

Conheça os objetivos

IoT é uma tecnologia que permite conectar ativos físicos através de sensores que, por sua vez, podem interagir com situações internas e externas destes objetos. Esta conexão permite obter informações que, utilizadas de forma estruturada, podem auxiliar no aprendizado de uso ou comportamento dos “objetos”, prevenir ações ou, ainda, ajudar na tomada de decisões estratégicas ao negócio. Da mesma forma, alguns sensores podem também receber comando para executar ações.

 

Trata-se mais do que um projeto de TI. É algo que requer o envolvimento das áreas de Operações e Negócios para que traga resultados concretos para a empresa, portanto, é fundamental que todos estes departamentos entendam seu papel e definam em conjunto os objetivos da implementação de IoT.

 

É necessário que o planejamento contemple objetivos de curto, médio e longo prazo, para que possa evoluir em sua execução e manter os times motivados. Um projeto de IoT não precisa começar grande, pelo contrário. É desejado que ele cresça no decorrer de sua implementação e seu plano deve contemplar esta característica.

 

Organize os objetivos da implementação de acordo com os benefícios pretendidos por sua empresa, sejam eles internos — como o controle de manutenção dos equipamentos — ou externos, por exemplo, para criar uma nova forma de interação com seus clientes.

 

Estas definições são fundamentais para que a tecnologia agregue valor e servirão de base durante toda a implementação, que deverá constantemente reavaliar se os objetivos e benefícios continuam sendo entregues com a evolução do projeto.

 

Entenda o básico

Para que um projeto de IoT seja bem-sucedido é importante que haja entendimento das bases necessárias para a tecnologia, os chamados building blocks. Afinal, independente dos objetivos que sua empresa tenha traçado, você precisará fazer as perguntas corretas para montar e executar seu planejamento. Assim, conseguirá determinar mais facilmente o que IoT irá desempenhar em seu negócio, especificamente.

 

Nesta fase você deve entender qual o ambiente de infraestrutura ideal para atingir os objetivos. Por exemplo, é necessário avaliar como os dados serão captados pelos sensores e para onde eles serão direcionados, qual a infraestrutura de rede e outras tecnologias fundamentais para o processamento das informações, e como manter os dados seguros. Para isso, tenha bastante claro quais as novas funcionalidades, características e diferenciação que seu projeto de IoT deve entregar.

 

Entender as lacunas de sua estrutura é bastante importante para a próxima e principal etapa, o planejamento. Assim, você conseguirá transpor cada etapa do processo de maneira mais tranquila.

 

Faça um planejamento

O comprometimento com o início de seu projeto de IoT é fundamental para o sucesso a longo prazo, como demonstrado em casos já aplicados em outras empresas. Por isso, é importante entender os passos do processo.

 

Como mencionado anteriormente, é necessário identificar as metas do negócio que se pretende atingir com IoT e então desenvolver casos de uso com esta tecnologia. Esta fase é um ciclo que deve ser validado com constância, mantendo a certeza que IT e as unidades de negócio estejam alinhadas.

 

A implementação correta de IoT requer planejamento, com a capacidade de vislumbrar a solução como um todo e não apenas as partes do processo. Criar um roteiro consistente irá guiar todo o desenvolvimento, mapeando a utilização de melhores práticas e direcionando os objetivos estratégicos, alinhados com as áreas envolvidas — TI, Operações e Negócios — e consequentemente ganhando maior suporte interno.

 

Este plano auxiliará o projeto a permanecer neste caminho, bem como servirá de base para monitorar se os objetivos continuam sendo entregues com a evolução do processo, bem como acompanhar as entregas parciais do projeto. Por isso, é recomendável que seja criado um framework de benefícios e entregas, e executado um piloto do projeto, que ajudará a acompanhar e validar se o roteiro e a visão do planejamento estão bem definidos. Após este estágio valida-se o apoio interno mostrando os primeiros resultados positivos e ganhos do negócio, o que auxiliará na evolução da implementação.

 

O planejamento ainda deve abordar outros elementos fundamentais para o resultado positivo da implementação e utilização futura, como a segurança e conformidade, por exemplo. Afinal, na proporção que aumentam os dispositivos conectados também aumenta a necessidade de monitoramento e cuidados. Serão mais dados trafegando pela infraestrutura e maior possibilidade de vulnerabilidades.

 

IoT já permite a diversos setores de mercado um ganho de inteligência de negócios jamais alcançado, mas para que seja realidade em sua empresa, estes passos iniciais são fundamentais, bem como compreender os fatores que irão impulsionar seu projeto a atingir objetivos e trazer os resultados esperados.

 

Portanto, antes de iniciá-lo, compreenda bem onde você quer chegar e planeje adequadamente os passos para obter sucesso em sua empreitada em rumo das “coisas” conectadas.

 

Saiba mais sobre o assunto, baixe o nosso eBook e acesse o nosso site

3
set

[EVENTO] Partner IT realiza evento no Templo da Carne – Marcos Bassi

 

Na última quarta-feira (29), a Partner IT promoveu um evento para clientes, parceiros e colaboradores no Templo da Carne – Marcos Bassi em São Paulo. Na ocasião, Glaidson Guerra, sócio e responsável pelas áreas de Gestão Inteligente de Ativos, IoT Cognitivo, Segurança Cognitiva e Gestão Inteligente de Infraestrutura na Partner IT apresentou perspectivas interessantes sobre a influência da estratégia de armazenamento e processamento para o sucesso de projetos de Inteligência Artificial e Machine Learning. Para Glaidson Guerra, o evento “foi uma oportunidade excepcional de networking e para discussão de boas práticas para a escolha da melhor infraestrutura nos projetos envolvendo Inteligência Artificial, Machine Learning e Deep Learning.”

 

SOBRE A PARTNER IT

A Partner IT faz parte de um ecossistema de empresas de alta tecnologia, que abrange desde o estudo e o planejamento da infraestrutura tecnológica, arquitetura de dados, estratégias de armazenamento e backup, gestão de ativos empresariais e manutenção (EAM) e gestão de serviços de TI (ITSM), até a integração natural dos ambientes às inovadoras aplicações de Internet das Coisas (IoT) potencializadas por plataformas de  Computação Cognitiva.

 

 

21
ago

Newsletter – Agosto

 

Acompanhe nossa newsletter mensal para saber o que acontece no mercado de tecnologia e as novidades que a Partner IT, trás para você e sua empresa.

Leia mais